SISPREV-TO

O SISPREV é uma entidade dotada de personalidade jurídica de direito público, criada por intermédio da Lei Municipal nº 4.974 de 04/10/2001, integrante da administração indireta do Município de Teófilo Otoni/MG, com autonomia administrativa e financeira, e tem como competência executar a política de Previdência dos Servidores Públicos Municipais.

O Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Teófilo Otoni tem como finalidade assegurar aos seus beneficiários, mediante contribuição, os meios de subsistência nos eventos de incapacidade permanente, falecimento, inatividade e idade avançada.

O SISPREV tem como beneficiários os servidores públicos do município de Teófilo Otoni titulares de cargos efetivos e seus dependentes. Aos segurados é garantido o benefício de aposentadoria por tempo de contribuição, aposentadoria compulsória, por idade e por incapacidade permanente, e aos dependentes, o benefício de pensão.

O Instituto de Previdência Municipal de Teófilo Otoni trabalha com uma política de excelência na administração previdenciária dos segurados, tendo sua estrutura organizacional estabelecida pela Lei 4.974/2001, a qual define o Instituto como único órgão gestor das aposentadorias e pensões, responsável pela concessão, processamento e pagamento desses benefícios.

Assegurar os direitos previdenciários aos segurados e dependentes, observando os critérios que preservem o equilíbrio financeiro e atuarial, com respeito aos preceitos legais com eficiência e transparência de forma humanizada.

Ser referência estadual em gestão de Regime Próprio de Previdência, sendo reconhecida por seus segurados e pela comunidade como órgão de previdência sólido e confiável.

Cooperação: Colaboração dos sujeitos envolvidos Câmara Municipal, Sindicato, PMTO e outros

Efetividade: se um processo está estabelecido, pressupõe-se a existência de sua utilidade. Todavia, no cotidiano, é comum os processos serem executados sem monitoramento sistêmico, que apure o seu desempenho e/ou sua adequação.

Ética: é uma consciência moral, atribuída a boa conduta e procedimentos individuais

Modernidade: restauração dos processos através da modernidade

Transparência: instrumento de controle social a democratização do acesso às informações

Visão Sistêmica: ter o conhecimento do todo, de modo a permitir a análise ou a interferência no mesmo.